cachorro sendo tosado em um pet shop

A importância do banho e tosa para os pets

Banho e tosa são essenciais para os animais de estimação. Esses são cuidados muito importantes, que vão além da estética ou do cheirinho agradável que proporcionam. Além de mau cheiro, a falta de higiene dos pets pode causar uma série de doenças dermatológicas e ainda deixá-los mais propensos a parasitas na pele. 

Cada raça de cão ou gato tem necessidades específicas, com isso, cada um tem seu intervalo adequado para realização dos procedimentos, produtos mais indicados, dentre outras especificações. 

O tutor deve sempre priorizar a contratação de profissionais qualificados e comprometidos, que respeitem a saúde do pet, e tenham uma boa estrutura de atendimento e procedimentos. Trouxemos algumas informações que podem te ajudar a entender o que é ideal para seu bichinho.

Qual a frequência correta para banhos?

A frequência dos banhos nos cachorrinhos de estimação varia conforme sua espécie ou pelagem, por isso, o ideal é seguir a recomendação do médico veterinário. Exceto em casos de animais em tratamento ou de recomendação veterinária, não é adequado dar banhos em períodos inferiores a 7 dias, pois isso pode causar efeito contrário no pet, criando problemas de pele e reações alérgicas.

Para os pets de pelagem curta, há uma troca sazonal de pelos, que normalmente acontece com maior intensidade na primavera. Desta maneira, os intervalos entre os banhos podem ser mais longos. Já para os animais de pelo comprido, a tosa precisa ser realizada pelo menos a cada 45 dias, além de ser necessário manter uma rotina de escovação para que os pelos não embolem.

cachorro tomando banho em um pet shop

Intervalo ideal para banho dos cães:

  • Cães de pelos curtos: o intervalo pode ser de dois em dois meses;
  • Cães de pelos longos: o intervalo ideal para os cães de pelo com crescimento contínuo deve ser de um a quatro vezes por mês;
  • Cães de pelos volumosos: banhos uma ou duas vezes por mês.

No caso dos gatos, o banho não é algo muito comum, mas é necessário. Por mais que os felinos tomem banho sozinhos, com o instinto de lamberem seus pelos, é importante que cerca de uma vez por mês os banhos sejam realizados para deixar os pelos macios e evitar problemas de pele.  

O banho nos gatos não é uma tarefa muito simples, já que os bichinhos no geral não gostam nem um pouco de água; por isso, você pode seguir algumas dicas para acostumar melhor o seu gato.

Dicas para facilitar o banho dos gatos:

  • Dê banho desde cedo (seguindo período recomendado para um filhote), associe o banho a petiscos e brincadeiras, que são coisas que eles podem sentir prazer;
  • Não dê banhos muito quentes, eles podem machucar, ser desagradáveis e assustar o animal. Opte por banhos mornos;
  • Para evitar arranhões, use luvas de cozinha felpudas, e use contenção peitoral para que ele não se machuque e não fuja;
  • Se o animal estiver estressado, respeite seu tempo para relaxar, pois ao forçar o banho você pode causar um trauma que vai dificultar ainda mais as próximas vezes. 
filhote de gato tomando banho em uma bacia

Qual a frequência ideal para as tosas?

A pele do animal serve como um protetor contra o sol e o frio, por isso é importante se atentar ao clima e a tosa que será realizada. Para o procedimento de tosa, também precisamos levar em consideração o ciclo de crescimento do pelo do pet e sua raça, de uma maneira que preserve sua saúde e bem-estar

Para os cães, o período de tosa ideal é: 

  • Cães de pelos longos: período de intervalo de 45 dias;
  • Cães de pelos variados: período de intervalo de 2 a 3 meses.

Existem algumas técnicas de tosas diferentes, cada uma indicada para cada pelagem e modelo de tosa. Confira quais são elas: 

  • Tosa na máquina: realizada por meio de uma máquina que possui várias numerações de lâmina, na qual cada numeração cria um comprimento de pelo diferente.
  • Tosa na tesoura: realizada por meio de tesouras de formatos diferentes, em que cada uma delas cria uma moldagem diferente no pelo. Essa técnica é indicada para gatos ou cães que precisam diminuir o tamanho dos pelos, sem alterar a forma original. 

Quer saber a melhor forma de se comunicar com o profissional que atende o seu pet?

A Petkie é uma plataforma única, que conecta profissionais a tutores de uma forma extremamente eficiente para ambos.

Além de conseguir contato direto pela plataforma e ainda estabelecer um histórico completo de atendimento com esses profissionais, o tutor pode acompanhar os períodos que seus animais de estimação estiveram no pet shop e quais procedimentos foram realizados em cada uma dessas visitas, além de outras observações feitas pelos profissionais.

Baixe agora o app da Petkie e aproveite para convidar os profissionais que te ajudam a cuidar dele!