médica veterinária ouvindo os batimentos cardíacos de um cachorror

7 dicas para organizar sua clínica veterinária

Já pensou em construir uma rotina mais eficiente no trabalho? Um negócio de sucesso precisa de uma boa estrutura, e isso não significa apenas a parte física, mas, sim, uma organização completa do ciclo de atendimento, desde o marketing até a consulta efetivamente.

Gerenciar uma clínica veterinária pode ser uma tarefa complexa para um médico veterinário, pois exige do profissional noções sobre administração, comunicação e finanças. 

Mas saiba que isso não precisa ser uma missão impossível: Com boas práticas de gestão, você pode garantir qualidade na sua estrutura de negócio, conquistando novos clientes e fidelizando seus clientes atuais. 

Além disso, você também poderá proporcionar um atendimento eficiente e otimizar o seu tempo e da sua equipe, o que vai gerar mais satisfação e lucratividade. 

7 dicas para organizar sua clínica veterinária

1. Organize seu espaço

O primeiro passo para obter uma clínica organizada é literalmente organizar o espaço de trabalho. A disposição do ambiente é importante para que o cliente se sinta confortável, para que os funcionários consigam executar um trabalho de forma mais ágil e eficiente, além de facilitar os atendimentos e procedimentos para o veterinário.

2. Organize sua agenda

Use a tecnologia a seu favor. Ter uma agenda organizada possibilita que você tenha uma melhor visualização das demandas, gerencie as consultas, otimize o tempo e ainda consiga atender os clientes com o cuidado e a atenção necessária. 

Com horários bem definidos, você também pode executar as consultas de forma mais eficiente, demonstrando comprometimento e confiança aos tutores.

3. Armazene documentos importantes na nuvem

Ter pilhas de papel dentro de uma empresa não é algo muito recomendado, pois ocupam espaço, dificultam o acesso rápido a informações e ainda podem ser perdidos com o decorrer do tempo. 

Uma boa opção é o Google Drive, que além de ser excelente para o armazenamento de arquivos, dá acesso ao Documentos, versão online do Word –  possibilitando a criação de relatórios, declarações, ofícios e prontuários – e ao Planilhas, versão online do Excel, um sistema que pode ser uma boa ferramenta de controle financeiro, de atendimento e resultados. 

4. Tenha um histórico completo do seu cliente

O histórico do pet serve como uma bússola que direciona os atendimentos do veterinário. É a partir dele que o profissional identifica as necessidades e o quadro clínico de cada paciente, acompanha a evolução positiva ou negativa da saúde do animal e cruza dados para efetuar um diagnóstico. 

A anamnese completa e os diagnósticos de consultas anteriores, dentro de um histórico completo do bichinho, são capazes de otimizar seu tempo dentro das consultas, de maneira que não seja preciso contar com uma boa memória ou ainda repetir uma série de perguntas para obter as informações necessárias em um momento de análise. 

médicos veterinários examinando um cachorro

O tutor provavelmente vai sair da consulta mais satisfeito por não precisar repetir tantas informações para o profissional. E o pet vai ter a oportunidade de ficar mais relaxado em uma consulta mais curta e com a agilidade de um atendimento eficiente, além de ter a vida salva em casos de emergência. 

5. Registre as informações do paciente de forma digital e compartilhe com seu tutor

Com o histórico compartilhado, o tutor tem acesso direto a informações importantes a qualquer momento que seja necessário, ficando mais propenso a tratar seu pet de forma correta, além de ficar munido de informações em casos de situações urgentes.

6. Utilize um bom sistema para auxiliar no seu trabalho

A Petkie é um aplicativo que possibilita ao veterinário e ao tutor o acesso ao histórico completo de saúde do animal. Nesse sistema você localiza todas as informações gerais e as de tratamento do pet, como data das aplicações de vacinas e medicamentos, consultas recentes, alergias e restrições, por exemplo. 

Com isso, você pode cruzar dados e analisar a efetividade dos tratamentos realizados, o resultado de dietas indicadas e a melhora ou piora do quadro de saúde em seus ciclos de vida. 

tutora acompanhando seu gato enquanto ele toma vacina

A utilização desse sistema em softwares ou aplicativos beneficia a rotina do profissional no quesito organização e otimização de tempo. Pois viabiliza ao veterinário tomadas de decisões mais rápidas e assertivas, visualização do ciclo de atendimento, agilidade da triagem na recepção da clínica, ganho de tempo dentro da consulta e, por consequência, a possibilidade de atender mais pacientes no mesmo dia.

Para obter todos os benefícios que você busca, conheça a Petkie, a plataforma completa para profissionais e tutores. 

7. Utilize uma ferramenta de programação de postagens automáticas

Nos dias de hoje, estar presente nas redes sociais é essencial. Os perfis de negócios se tornaram uma espécie de portfólio para seus produtos e serviços, sendo um dos primeiros lugares pelos quais as pessoas buscam para encontrar avaliações ou informações. 

Para você, que gerencia suas redes sociais, existem duas plataformas que são muito interessantes e intuitivas para a gestão de redes e programações de conteúdo:

  • Hootsuite: O Hootsuite é uma ferramenta paga que oferece informações sobre as métricas e alcance de publicações e dispara, de forma automática, conteúdos para o Instagram, Facebook, LinkedIn e Twitter. 
  • Meta Business: O Meta Business é uma ferramenta de gerenciamento gratuita dentro do Facebook. Nessa plataforma, você consegue informações de alcance, engajamento e performance de postagens, e também consegue programar publicações para o Facebook e Instagram dentro da própria plataforma. 

Com essas dicas e a qualidade do seu negócio, você vai obter resultados incríveis. Agora é hora de colocar em prática! E não se esqueça de baixar o aplicativo da Petkie, ele está disponível para Android e iOS.