pilhas de moedas com 2 miniaturas de cachorro, indicando investimento no mercado pet

Confira 5 razões para investir no mercado pet

Para quem está em busca de empreender, conhecer melhor o mercado pet pode ser uma excelente ideia. Afinal, este é um setor que está em franco crescimento e, além disso, a tendência de expansão para os próximos anos também é positiva. 

Para se ter uma ideia, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil é o terceiro maior país em população total de animais de estimação. No total, são 139,3 milhões de pets, números que reforçam o poder do setor na economia brasileira. 

Assim, para atender de forma adequada e qualificada toda essa população de animais de estimação no país, é preciso que o mercado do setor acompanhe essa demanda. Por isso, separamos abaixo algumas informações que podem te ajudar a compreender melhor o mercado pet e, também, mostrar os benefícios de investir neste setor. Acompanhe!

– Você também pode se interessar por: Dados importantes sobre o mercado pet

5 razões para investir no mercado pet

1. O mercado pet está em alta no Brasil! 

Para começar com o pé direito, o primeiro motivo para investir no mercado pet é: ele está em alta. Conforme citamos acima, os números em torno do universo pet no Brasil estão em crescimento e surgem cada vez mais novas oportunidades de negócios que podem ser feitas relacionadas à saúde, bem-estar e entretenimento dos animais de estimação.

Além disso, com uma população de pets cada vez mais expressiva, há também uma grande demanda de serviços e produtos que podem ser explorados por diversas empresas.

2. Investimento inicial não precisa ser alto 

Outra razão para investir no mercado pet está relacionada com o investimento financeiro necessário para adentrar ao mercado. É claro que existem negócios do setor que valem milhões. Entretanto, é possível começar sonhando mais baixo e com os pés no chão.

Afinal, conforme citamos anteriormente, esse é um mercado que está crescendo e existem oportunidades para empreendedores de todos os portes.

Para quem deseja abrir um negócio já bem consolidado, uma ideia é buscar uma franquia de sucesso, já que essa modalidade de negócio traz consigo alguns benefícios exclusivos, como toda a identidade visual, treinamento e padronização da marca.

Para quem deseja abrir um negócio do zero, o ideal é pesquisar tendências de mercado e procurar soluções que estejam ao seu alcance. 

dona de um pet shop em frente uma prateleira com produtos

Se você busca abrir um pet shop, tenha em mente de que uma unidade padrão que conta com serviços de banho e tosa pode custar cerca de R$100 a R$ 180 mil, lembrando que este valor já inclui um capital de giro recomendado de R$ 30 mil para sustentar o negócio nos primeiros meses. 

Porém, é possível ir além e pensar em outros formatos de serviços e é sobre isso que falaremos no próximo tópico. 

3. São diversas as possibilidades de negócio envolvendo o mercado pet

Ao falarmos do mercado pet, as primeiras possibilidades de negócios e serviços que pensamos são: clínica veterinária e pet shop. Porém, esse nicho de mercado vai muito além disso — e ainda há muito a ser criado, explorado e compartilhado!

Pensando mais especificamente na prestação de serviços variados aos pets, é possível criar negócios relacionados a:

  • Creche;
  • Hotel;
  • Spa;
  • Adestramento e passeio com os pets;
  • Tratamentos diferenciados, como acupuntura, fisioterapia e dentista, entre outros.

Já tratando-se de produtos, é possível investir em nichos como:

  • Alimentação natural, saudável, orgânica e diferenciada;
  • Brinquedos diferenciados e educativos para os pets;
  • Produtos e medicamentos manipulados, feitos de forma personalizada para cada pet.

E essas são apenas algumas possibilidades. Quanto mais fora do óbvio for a sua ideia de negócio, maiores as chances de se destacar e ter um bom crescimento. Só não se esqueça de fazer uma boa pesquisa de mercado, especialmente em casos diferentes demais do padrão, para evitar um negócio confuso.

4. Quem tem pet é mais feliz

De acordo com uma pesquisa feita pela Opinion Box, 84% dos tutores de pet no Brasil são mais felizes por terem um animal em casa e 81% são menos estressados por causa da companhia. Além disso, 75% dos tutores no país consideram os pets como a sua melhor companhia e 74% os veem realmente como filhos. 

5. Os tutores estão dispostos a investir naquilo que há de melhor para os pets

Não é surpresa para ninguém que os “pais de pet” estão dispostos a oferecer somente aquilo que há de bom e do melhor para os seus animais de estimação, não é mesmo? 

tutora escolhendo produtos de qualidade para comprar para seus pets

Inclusive, de acordo com pesquisa feita pela Opinion Box, 81% dos tutores de pet no Brasil concordam com a afirmação: “Gasto quanto dinheiro for necessário para manter meu pet seguro e saudável”. 

Por isso, esse setor está tão fadado ao crescimento. Afinal, os tutores são dedicados quando se trata de cuidar do bem-estar, da saúde e até mesmo de mimar os seus animais de estimação. Todo esse cuidado extra abre precedentes para que possam ser criados novos negócios, que ajudem a tornar a vida do animal de estimação e dos tutores ainda melhor.

Inclusive, uma solução que vem para auxiliar a vida de todos aqueles que estão envolvidos no cuidado do pet, como tutores, médicos veterinários e prestadores de serviços variados, é o aplicativo da Petkie

Ideal para gerenciar toda a rotina do animal de estimação, o app centraliza e integra a comunicação do tutor, veterinário e prestadores de serviço em um só lugar, traz todo o histórico do pet, sua agenda de compromissos e ainda tem um chat, que permite que os envolvidos no cuidado do animal possam conversar sem precisar migrar para outro aplicativo. Vem saber mais: Tudo que você precisa saber para facilitar a sua vida com Petkie.

Riscos de investir no mercado pet

Por último, mas não menos importante, trouxemos também alguns riscos que o empreendedor pode encontrar ao investir no mercado pet. O primeiro deles é a concorrência

Afinal, como este é um mercado aquecido, a concorrência é alta. Por isso, ao abrir o seu negócio, é essencial saber qual é o seu diferencial e, também, conhecer muito bem a sua clientela. Dessa forma, você conseguirá destacar o seu negócio e não será “engolido” pelo mercado.

Outras dicas para ter sucesso com o seu negócio são:

Quer saber um pouco mais sobre o assunto? Então acesse: Tendências do mercado pet para os próximos anos.

Fonte(s):

Clínica Empreendedora, NF Pet, Portal Melhores Amigos, Stefano Bozza, Sua Franquia e Vitalpet Brasil